Menor de 13 anos morta pela irmã após ter negado lavar a loiça

Uma adolescente de treze anos de idade foi supostamente morta por asfixia pela própria irmã de 31 anos de idade, no município de Quilengues, província da Huíla, por ter-se negado a lavar a louça.


O facto ocorreu no fim-de-semana, após a suspeita ter apertado o pescoço da irmã até a morte. A mesma encontra-se  detida.

Segundo o chefe de departamento de informação e análise do SIC, José Miúdo, que falava à imprensa, no mesmo período, houve um outro caso semelhante, em que foi vítima um menor de dez anos no município da Jamba, morto pelo tio com uma pedra por ter-se negado a extrair o leite na vaca.

Segundo o responsável, os casos de homicídio no seio familiar tem estado no centro das preocupações do SIC, pois são difíceis de prevenir.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.